Buscar

Doença de Chagas: entenda a transmissão alimentar


A doença de Chagas é conhecida por fazer o coração crescer de tamanho quando está em fase crônica. O que normalmente aprendemos na escola é que ela é transmitida pelas fezes do mosquito barbeiro - quando ele pica, costuma também a eliminar o protozoário pelas fezes e ao coçarmos o local acabamos nos infectando.

No entanto, hoje 70% das infecções pelo Trypanosoma cruzi não ocorrem mais dessa forma. "De acordo com os dados do último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde de 2015 sobre doença de Chagas, a maior parte dos casos de transmissão dessa doença ocorrem por via alimentar", explica o infectologista Filipe Piastrelli,

Mas como a transmissão via alimentar da Doença de Chagas ocorre?

A forma de contaminação é semelhante: os alimentos entram em contato com as fezes ou urina do mosquito barbeiro. Pode ocorrer também o mosquito ser processado com o alimento. "A transmissão via oral ocorre quando há ingestão de alimentos frescos como palmitos, sucos de açaí e caldo de cana contaminados", esclarece o infectologista Gustavo Dittmar, do Hospital Santa Cruz (SP).

No entanto, cabe ressaltar que esse tipo de transmissão é muito mais comum na região Norte do Brasil: 91% dos casos ocorreram lá e tem seu pico entre agosto e novembro, período de safra do açaí, como destaca Piastrelli.

O que muda com essa transmissão oral?

O perigo da transmissão oral é que ela torna a manifestação inicial da doença muito mais intensa. "Na transmissão oral temos a contaminação do alimento por múltiplos barbeiros, diferentemente da transmissão direta que é decorrente do contato com um único inseto", diferencia Piastrelli.

Normalmente os sintomas aparecem entre 3 e 22 dias após o consumo do alimento contaminado e podem englobar:

  • Febre prolongada

  • Dor de cabeça

  • Palidez

  • Dor no corpo

  • Manchas vermelhas

  • Inchaço.

"Casos de acometimento cardíaco e do cérebro são muito raros nessa fase", tranquiliza Dittmar. Mas, para que a doença não evolua, é importante buscar ajuda médica o mais cedo possível.

Como prevenir a transmissão oral da doença de Chagas?

Existem algumas medidas que podem prevenir a contaminação por doença de Chagas em alimentos naturais:

  • Compre alimentos como açaí e palmito de fornecedores registrados e que cumpram as condições sanitárias necessárias

  • Evite consumo de frutas em estado cru nos locais de maior ocorrência de surtos da doença (estados do Pará, Amapá e Acre)

  • Fora desses locais, opte por esses alimentos pasteurizados ou liofilizados. Não se sabe ao certo por quanto tempo o parasita fica viável em preparações líquidas congeladas.

Fonte

#doençadechagas #barbeiro #infecção #saúde #examedesangue #análisesclínicas #médico #dnacenternatal #laboratóriodnacenter #dna

0 visualização

Confiança no Resultado!

  • Instagram DNA Center
  • Facebook DNA Center
  • Twitter DNA Center
  • YouTube DNA Center

Unidade Matriz
Av. Afonso Pena, 952 - Tirol

Está acessando pelo celular? Clique no número para contato 

Agendamento COVID-19: (84)9.9902-0297 ou
(84) 9.9813-0809
Nossa central: (84) 4007-2595

WhatsApp: (84) 9.9997-0341

Laboratório DNA S/S LTDA - EPP
CNPJ: 24.519.993 /0001-70

Endereço:AV. AFONSO PENA,0952, TIROL, 59 020-265 NATAL-RN 
tel: 3212-2446 
E-mail: sac@dnacenter.com.br