top of page
Buscar

DNA Center firma convênio com a UFRN para realização de pesquisas de mestrado.


Estudantes de mestrado na área da saúde poderão fazer estudos e receber orientações no DNA Center por meio de uma parceria firmada com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Eles terão acesso ao avançado parque tecnológico de maquinário do setor de hematologia e imunofenotipagem, que conta com equipamentos entre os mais modernos do país. Um termo de prestação de serviço foi oficializado junto à Fundação Norte-Rio-grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec) e tem à frente o consultor científico e professor doutor do departamento de análises clínicas e toxicológicas, Geraldo Barroso Cavalcanti Júnior.


A parceria acontece na área de Citometria, que se aplica no diagnóstico, acompanhamento e tratamento de leucemias, imunodeficiências e acompanhamento clínico de pacientes com HIV, por exemplo. “Nos últimos anos, investiu-se muito em equipamentos e novos reagentes para a citometria de fluxo, o que provocou um avanço grande do ponto de vista de qualidade. Além de ser um exame rápido tecnicamente e de extrema precisão.”, explicou o professor.


“No DNA Center, realizamos, principalmente, a imunofenotipagem para os casos suspeitos de neoplasias hematológicas, auxiliando no diagnostico complementar de leucemias e linfomas, fazendo com que o tratamento seja mais assertivo. Também trabalhamos com a parte de análise das subpopulações linfocitárias – aí entram os casos de HIV, imunodeficiências e infecções de recorrência – que têm o objetivo de avaliar o quadro geral da imunidade do paciente”, explicou a farmacêutica, bioquímica e sócia-diretora do laboratório, Andrea Fernandes.


O consultor científico do DNA Center, Geraldo Barroso Cavalcanti Junior, é um dos grandes estudiosos e pesquisadores dessa área no Nordeste. Professor com doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Fiocruz (RJ), ele possui especialização em Genética (UFRN) e é autor, junto com Andrea Fernandes, de um dos capítulos da publicação “Citometria de Fluxo – Aplicações no Laboratório Clínico e de Pesquisa”, que trata do “Estudo de Resistência à Múltiplas Drogas”, feito com pacientes em Natal.


“O professor Geraldo é um grande especialista nessa área de atuação e tem as competências necessárias para nos auxiliar na interpretação e em supervisionar a liberação dos laudos de citometria. Isso também envolve um benefício para a sociedade, que vai receber um laudo mais completo em informações acerca da condição clínica que apresenta”, afirmou a sócia-diretora.


32 visualizações0 comentário
bottom of page