top of page
Buscar

Entenda mais sobre o retinoblastoma e como o teste da bochechinha pode ajudar no diagnóstico precoce

Assim como em outros tipos de câncer, quanto mais rápido o retinoblastoma for diagnosticado, maior a chance de cura.

Para isso utilizamos a moderna técnica de sequenciamento de nova geração para analisar o DNA do bebê e identificar mutações germinativas no gene RB1 que possam causar retinoblastoma hereditário.


Bebês com alto risco de desenvolver retinoblastoma, identificados em nosso teste, podem passar por consultas oftalmológicas mais frequentes e realizar exames específicos, aumentando a chance de identificar o tumor o mais precocemente possível e já iniciar o tratamento.


40 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page