Buscar

Como o estresse pode afetar a nutrição?


Reação emocional pode prejudicar hábitos alimentares e levar à deficiência de nutrientes.

O organismo responde ao estresse de diferentes formas, não só com a raiva. Algumas delas, por exemplo, são a queda na produtividade, o prejuízo nas relações interpessoais e com a alimentação - o que impacta na nutrição e no bem-estar do organismo, de uma forma geral.

O aumento da produção do hormônio cortisol causado pelo estresse ativa o sistema de recompensa cerebral (SRC), que faz com que o corpo "peça" alimentos ricos em gordura e açúcar (eles geram prazer e emoções positivas) para aliviar o estado emocional, além de poder levar ao consumo excessivo de álcool.

Há, ainda, uma mudança nos hábitos no próprio comer: pessoas estressadas tendem a mastigar mal e a pular refeições, por exemplo. A absorção dos nutrientes fica comprometida 3,4.

Entender como o estresse está afetando sua nutrição é o primeiro passo para melhorar sua vida: a partir do autoconhecimento, você pode adotar práticas mais saudáveis e eliminar os efeitos nocivos dessa dinâmica.

Durante o processo, uma boa alternativa para repor os nutrientes perdidos é o consumo de multivitamínicos. Eles não são remédios, e sim uma complementação alimentar, e não têm contraindicações, pois o organismo os usa para repor as vitaminas e minerais em déficit e logo descarta o que não foi necessário.

Mastigar mal

É consenso entre os especialistas médicos que é importante mastigar bem os alimentos. À medida que a pessoa se alimenta, são emitidos avisos para que o organismo se prepare quimicamente para a assimilação dos nutrientes; se a mastigação e a ingestão da comida e da bebida são muito rápidas, essa comunicação fica falha e não há tempo suficiente para tal organização química.

"Mastigar bem" é um conjunto que inclui, entre outros aspectos, a velocidade (não deve ser muito rápida), a trituração dos alimentos (eles devem estar bem fragmentados ao ser engolidos) e o tamanho da porção colocada na boca (deve ser suficiente para uma mastigação confortável).

Pular o café da manhã

Um cafezinho puro é considerado suficiente para quem está em um vórtice de estresse e pressa. Mas o corpo não concorda com essa ideia: pular a primeira refeição do dia leva à queda de nutrientes no organismo e ao consumo excessivo de calorias na próxima refeição, como uma forma de compensação pela privação anterior.

Em longo prazo, esse hábito pode ser relacionado ao desenvolvimento de inflamações e à pouca flexibilidade metabólica. Há, ainda o risco de desenvolvimento de doenças metabólicas, como diabetes.

Exagerar no consumo de bebidas alcoólicas

Para relaxar ao final de um dia estressante, é comum muitas pessoas recorrerem a um, dois ou mais copos de bebida alcoólica. Os números deixam isso claro: o consumo médio diário entre as pessoas que bebem álcool é de 33 gramas, equivalente a 300 ml de vinho ou 750 ml de cerveja ou 80 ml de bebidas destiladas (vodca ou uísque, por exemplo)6.

Além de afetar a coordenação motora, a concentração e o emocional, o consumo elevado de álcool prejudica a nutrição. Observam-se, entre quem bebe cronicamente, efeitos como absorção de nutrientes reduzida e deficiências na utilização dos nutrientes quando eles entram no sistema.

As carências mais notáveis são de vitamina B1 (tiamina), essencial para o funcionamento do cérebro, do coração e dos músculos e para o metabolismo da glicose, e do ácido fólico, o que pode causar anemias, problemas digestivos, cansaço e insônia, entre outros prejuízos à saúde.

Fonte

#alimentos #nutrientes #hábitos #emocional #hormônios #gordura #açúcar #mastigar #alimentação #analisesclinicas #analisesclinicasnatal #Cafédamanhã #hábito #inflamação #refeição

0 visualização

Confiança no Resultado!

  • Instagram DNA Center
  • Facebook DNA Center
  • Twitter DNA Center
  • YouTube DNA Center

Está acessando pelo celular? Clique no número para contato 

Agendamento COVID-19: (84)9.9902-0297 ou
(84) 9.9813-0809
Nossa central: (84) 4007-2595

WhatsApp: (84) 9.9997-0341

Unidade Matriz
Av. Afonso Pena, 952 - Tirol

Laboratório DNA S/S LTDA - EPP
CNPJ: 24.519.993 /0001-70

Endereço:AV. AFONSO PENA,0952, TIROL, 59 020-265 NATAL-RN 
tel: 3212-2446 
E-mail: sac@dnacenter.com.br