Buscar

Colesterol: você conhece os mitos e verdades sobre ele?


Você sabia que o nosso corpo produz entre 70 e 80% de todo o colesterol necessário, e que o resto vem da nossa alimentação? Dessa forma, os níveis alterados de colesterol podem ser uma consequência genética, ou seja, pessoas que naturalmente produzem mais colesterol do que o normal. Caso contrário, o colesterol elevado é uma consequência direta dos excessos na alimentação. Existem dois tipos de colesterol: o LDL, que é o colesterol de baixa densidade, cuja função é levar a gordura do fígado para os tecidos; e o HDL, que é o colesterol de alta intensidade, cuja função é retirar o excesso de LDL dos tecidos e levá-los ao fígado, evitando que ele se acumule nas paredes das artérias. As quantidades recomendadas de colesterol são de 100 mg por decilitro de sangue para o LDL e 40 mg ou mais por decilitro para o HDL, sendo que o colesterol total deve estar abaixo dos 200 mg/dl. Quer saber como manter esses níveis sempre adequados? Confira:

A carne vermelha é a única vilã do colesterol alto. Mito Todos os alimentos que têm gordura saturada possuem colesterol, devendo portando serem consumidos nas proporções adequadas para uma dieta saudável, de acordo com a recomendação de um nutricionista. Uma alimentação rica em fibras ajuda a controlar o colesterol. Verdade De acordo com nutricionistas, a fibra se liga ao colesterol e impede sua absorção, por isso ajuda no controle das taxas. As fibras são encontras nas frutas, vegetais e cereais. A aveia se destaca entre os alimentos fontes de fibras, pois apresenta um tipo de fibra solúvel nomeada betaglucana, que ajuda a reduzir o colesterol, favorecendo a saúde cardiovascular. O colesterol alto aumenta o risco de infarto. Verdade O colesterol alto acelera a deposição de gordura na parede das artérias tanto do coração como de outros órgãos (cérebro, rins e pernas, por exemplo), contribuindo para o infarto e o surgimento de outras doenças cardiovasculares, explicam especialistas. No entanto, o colesterol não é o único vilão: a hipertensão, o tabagismo, o diabetes e o estresse também aumentam o risco de doenças cardíacas. Só pessoas acima de peso que sofrem com colesterol alto. Mito A tendência ao colesterol elevado vai depender da herança genética da pessoa, e não apenas do seu peso ou alimentação. Pessoas com obesidade mais frequentemente têm os níveis triglicérides elevados, e nem sempre o colesterol. No entanto, a obesidade, assim como o colesterol alto, é um importante fator de risco para doenças cardiovasculares. Cortar a gordura da dieta basta para controlar o colesterol. Mito O nível de colesterol sanguíneo tem grande influência genética, mais ainda do que da alimentação. Dessa forma, para algumas pessoas hábitos saudáveis são suficientes, mas para outras apenas cortar as gorduras saturadas da dieta não basta, sendo necessário o acompanhamento médico e o uso de medicamentos.

Fonte


0 visualização

Confiança no Resultado!

  • Instagram DNA Center
  • Facebook DNA Center
  • Twitter DNA Center
  • YouTube DNA Center

Está acessando pelo celular? Clique no número para contato 

Agendamento COVID-19: (84)9.9902-0297 ou
(84) 9.9813-0809
Nossa central: (84) 4007-2595

WhatsApp: (84) 9.9997-0341

Unidade Matriz
Av. Afonso Pena, 952 - Tirol

Laboratório DNA S/S LTDA - EPP
CNPJ: 24.519.993 /0001-70

Endereço:AV. AFONSO PENA,0952, TIROL, 59 020-265 NATAL-RN 
tel: 3212-2446 
E-mail: sac@dnacenter.com.br