Buscar

Novembro Azul: 5 mitos sobre o câncer de próstata


Especialista desvenda o que muita gente acredita sobre a doença

Novembro é o mês escolhido para conscientizar sobre o câncer de próstata. Ele é o tipo de câncer que ocorre na próstata, que é a glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis.

1 - Só existe risco de desenvolver Câncer da Próstata para quem tem história familiar

Todo homem que vive além dos 40 anos de idade pode desenvolver câncer da próstata. O que sabemos através de estudos epidemiológicos é que aqueles que têm histórico familiar positivo, ou seja, tem pai, avô, irmãos com a doença possuem maior chance de apresentar o câncer. Isso também é verdade para o câncer da mama em homens, doença mais rara, porém como a mesma relação com a ação da testosterona. E outro grupo com mais risco são os homens da raça negra, pela conhecida sensibilidade androgênica superior aos de raça branca ou amarela.

No outro extremo do risco, pela razão descrita acima, os orientais têm menor incidência de câncer da próstata. Mas efetivamente, todos podem desenvolver a doença, especialmente os que vivem mais tempo.

2 - O Câncer da Próstata não tem cura

Desde que identificado precocemente, o homem com câncer da próstata pode ser curado. Esta é a principal razão para que o homem busque fazer exames periódicos envolvendo a glândula a partir de certa idade. Quem fica esperando sentir algo para só então buscar ajuda, estará sempre atrasado.

O Câncer da Próstata na sua fase inicial não causa sintomas. É silencioso. A realização do exame de toque retal e a dosagem seriada do antígeno prostático específico (PSA) anualmente demonstraram aumentar a chance de cura nos países onde isso foi avaliado.

3 - O exame da próstata é muito doloroso

O toque retal é a única forma que o médico tem de encostar o dedo na glândula, conhecendo seu tamanho, consistência e identificado anormalidades como nódulos ou áreas endurecidas.

O toque retal permite ainda o diagnóstico de outras doenças como as perianais, as que afetam o tônus muscular do esfíncter anal, hemorroidas e inclusive o câncer de reto.

Não pode ser substituído por outros exames de imagem, nem mesmo pela ressonância. Demonstrou capacidade de aumentar a chance de uma indicação de biópsia da próstata confirmar o câncer quando feito em conjunto com o PSA. Além disso, apesar de ser um exame desconfortável para o homem, sua duração é de alguns segundos e precisa ser realizado apenas uma vez por ano.

4 - O Câncer da Próstata é raro e por isso não devo me preocupar

O Câncer da Próstata é o segundo tumor maligno mais comum aos homens, perdendo apenas para o câncer de pele. Exatamente por ser muito frequente, merece toda a atenção dos homens.

Para quem tem história familiar ou quem é da raça negra, recomenda-se iniciar o exame periódico da próstata aos 45 anos e para os demais aos 50. Nesta consulta anual, o médico colhe algumas informações, faz o exame físico e pede a dosagem do PSA no sangue.

Apenas o exame periódico permite o diagnóstico precoce e a cura do paciente com câncer. A boa notícia é que os tumores da próstata costumam ter um comportamento indolente, ou seja, crescem lentamente. Por isso, a frequência do exame periódico da próstata é anual. Uma vista ao urologista por ano seria suficiente para acompanhar as alterações da próstata e avaliar como anda a sexualidade, a saúde cardiovascular,...ou seja, cuidar da saúde!

5 - Não sinto nada e por isso não devo ir ao médico

Como o Câncer da Próstata é silencioso na sua fase inicial, apenas indo ao médico a partir de certa idade e repetindo esta avaliação periodicamente é possível fazer o diagnóstico na fase em que o câncer está localizado apenas na próstata.

Quem aguarda algum sinal ou sintoma estará sempre atrasado. Principalmente aqueles com história familiar positiva, ou seja, os que tem um parente de primeiro grau com câncer de próstata ou de mama. Sim, a ocorrência de câncer de mama em parentes do sexo feminino também pode significar chance maior de câncer no homem.

Além disso, a visita periódica ao médico não deve ser baseada na presença de problemas, mas na prevenção. Uma consulta anual serve de oportunidade para checar a pressão arterial, os níveis de glicose e colesterol, verificar o peso e ajustar hábitos de vida que podem ser prejudiciais como o tabagismo e o sedentarismo.

O homem precisa imitar as mulheres e adotar o costume de visitar seu médico regularmente.

Afinal elas vivem quase dez anos a mais do que os homens.

Fonte

#novembroazul #psa #homem #próstata #câncerdapróstata #toqueretal #examedapróstata #dnacenter #laboratoriodnacenter #analisesclínicas #médico #urologista #urologistanatal

19 visualizações

Confiança no Resultado!

  • Instagram DNA Center
  • Facebook DNA Center
  • Twitter DNA Center
  • YouTube DNA Center

Unidade Matriz
Av. Afonso Pena, 952 - Tirol

Está acessando pelo celular? Clique no número para contato 
Nossa central: (84) 4007-2595 WhatsApp

Laboratório DNA S/S LTDA - EPP
CNPJ: 24.519.993 /0001-70

Endereço:AV. AFONSO PENA,0952, TIROL, 59 020-265 NATAL-RN 
E-mail: sac@dnacenter.com.br