Buscar

Câncer de mama: 12% das mortes seriam evitadas com exercício físico


Um estudo feito em parceria com o Ministério da Saúde e divulgado no Outubro Rosa reforça a importância do exercício físico na prevenção do tumor de mama

Uma pesquisa feita por instituições brasileiras e americanas, em parceria com o Ministério da Saúde, constatou que 12% das mortes causadas pelo câncer de mama no Brasil poderiam ser evitadas caso as mulheres praticassem exercícios físicos regularmente. Não é pouca coisa!

Os cientistas começaram enumerando as vítimas desse tumor no nosso país entre 1990 a 2015. Depois, cruzaram esses números com os índices de sedentarismo do país e com outras pesquisas que mostram qual a probabilidade de uma pessoa que faz exercício ter câncer de mama, versus outra que é inativa.

Daí veio a conclusão: se todas as brasileiras ao menos caminhassem meia hora por dia, cinco vezes na semana, uma a cada dez mortes por câncer de mama não teria ocorrido no país. Em 2015, por exemplo, isso representaria 2.075 vidas poupadas.

Além disso, a análise concluiu que 6,5% dos óbitos por essa doença são atribuídos ao consumo de bebidas alcoólicas, ao sobrepeso e a uma dieta rica em açúcar. O impacto é menor do que o do sedentarismo, porém bastante significativo.

Fonte

#OutubroRosa #cancerdemama #Exercíciofísico #dnacenternatal #laboratorioemnatal #analisesclinicasnatal #LaboratoriodeAnalisesClínicas

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo