top of page
Buscar

Setembro Amarelo: mês da prevenção do suicídio


Setembro é marcado pelo 'Setembro Amarelo', campanha de prevenção do suicídio. E atualmente, a mobilização do tema se faz necessária devido ao aumento destes casos em todo o país.

No Brasil, os números preocupam. Diariamente, pelo menos 30 casos são registrados.

COMO IDENTIFICAR O COMPORTAMENTO SUICIDA?

O comportamento suicida normalmente surge como consequência de uma doença psicológica não tratada, como é o caso da depressão severa, síndrome do estresse pós-traumático ou esquizofrenia, por exemplo.

Entre as pessoas que se matam, há uma forte presença de um sofrimento profundo. Além disso, é comum vê-las remoendo pensamentos de forma obsessiva, sem conseguirem parar de fazê-lo. A vida para elas não tem sentido, dessa forma se sentem sem esperança e incapazes de mudar a sua condição, por isso não encontram outro modo para se livrar desse sofrimento.

É comum ver pessoas depressivas e suicidas sem energia para realizar tarefas básicas. Se você notar que uma pessoa está com falta de energia e fica o dia inteiro na cama, com dificuldades para tomar decisões que antes resolvia normalmente e perda de interesse em atividades que antes eram prazerosas, essa pessoa está precisando de ajuda. Tente ouvi-la, conversar em um tom acolhedor e suave e procure uma ajuda profissional. A acompanhe e mostre o quanto você está ao lado dela.

Estes comportamentos têm sido cada vez mais frequente em pessoas com menos de 29 anos. O número supera as mortes causadas pelo vírus do HIV, por exemplo, afetando mais de 12 mil pessoas, por ano, no Brasil. .

No entanto, este é um tipo de comportamento que pode ser evitado, especialmente quando os familiares ou amigos conseguem identificá-lo e ajudam a pessoa a iniciar tratamento adequado. .

Quando o indivíduo ainda é capaz de identificar e reconhecer que precisa de ajuda, a melhor opção é se abrir com familiares e amigos, quando isso não for possível, outra saída é ligar para o Centro de Valorização da Vida (CVV), que oferece apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, seja por telefone, email ou chat 24 horas por dia. .

Conheça os canais de atendimento: https://www.cvv.org.br


22 visualizações0 comentário
bottom of page